O que esconde a foto mais censurada do 11 de setembro?

A-fotografia-mais-censurada-do-11-de-setembro-de-2001-o-homem-que-cai-The-Falling-Man

Carregando...

A impactante foto que mostra um homem jogando-se no vazio durante os atentados de 11 de setembro é atualmente uma das controversas e censuradas sobre o evento. Quais são as razões para isso?

14 anos depois dos atentados de 11de Setembro em Nova Iorque ainda não se sabe quem é ‘O Homem que cai’, uma pessoa que joga-se no vazio de cabeça para baixo em uma imagem de tirar o fôlego, e talvez, a mais controversa e censurada daquele dia.

“O Homem que cai” (‘The Falling Man‘), foi fotografado alguns segundos antes de sua morte em 11 de setembro de 2001 e nunca mais foi identificado. A fotografia, tirada por Richard Drew, da agência AP, quase uma hora depois que o primeiro avião sequestrado pela Al-Qaeda se chocou contra uma das torres do World Trade Center, foi transmitida pela primeira vez em quase todos os meios norte-americanos, tornando-se posteriormente a mais censurada daquele dia trágico.

O homem de pele escura, talvez de origem latina, cai verticalmente, com a cabeça para baixo, justo entre a Torre Sul e a Torre Norte. Foi uma das quase 3.000 vítimas da tragédia, e um dos cerca de 200 pessoas que terminaram os seus dias caindo ou que saltaram a partir das janelas dos edifícios antes que eles desmoronassem, encurralados pelo fogo e pela fumaça sufocante resultantes dos choques dos aviões contra as torres.

Leia também: 115 mentiras sobre o atentado de 11 de Setembro de 2001

As autoridades norte-americanas se recusam terminantemente usar a palavra ‘saltar’ para se referir a estas vítimas, já que saltar fora dos arranha-céus caracteriza suicídio, e de acordo com a posição oficial, nenhuma das pessoas que estavam nas torres cometeu suicídio, sendo todos mortos. Esta é apenas uma faceta da controvérsia em torno da foto.

Nos 14 anos desde o ataque, os jornalistas tentaram várias vezes  identificar este homem. O repórter Peter Cheney sugeriu este chamava-se Norberto Hernandez, chefe do restaurante Windows on the World, localizado em uma das torres. No entanto a família de Norberto Hernandez não o reconheceu na sequência de fotos tiradas pelo fotógrafo, o que foi um alívio para eles. Uma vez que, ao contrário do governo, muitas famílias de vítimas veem as pessoas que saltaram das janelas como suicidas, o que vai contra suas crenças religiosas.

A-fotografia-mais-censurada-do-11-de-setembro-de-2001-o-homem-que-cai-The-Falling-Man-1

Poucas horas depois da tragédia de 11 de setembro, as fotos de centenas de pessoas caindo das torres tornaram-se um tabu na mídia dos EUA, e jamais foram divulgadas, como um sinal de respeito para com as famílias das vítimas, incluindo a de ‘O Homem que cai “. No entanto, a imagem seria “protagonista” de um documentário homônimo de 2006 com base em uma investigação da revista “Esquire“. A foto fez história e é considerado uma imagem icônica do 11-S, embora ainda não se saiba quem é o homem que aparece caindo.

Recomendados para você:

Comentar