Conheça uma quilométrica base subterrânea de armas nucleares abandonada

Deposito-subterraneo-de-bombas-atomicas-abandonado-na-Russia

Carregando...

Túneis quilométricos que escondiam uma grande quantidade dos mais poderosos artefatos explosivos já produzidos pela humanidade: Conheça o depósito russo de armas abandonadas da Península de Chukchi.

O fotógrafo russo Ralph Mirebes visitou uma das maiores construções abandonadas do norte de seu país. Trata-se da base de armas nucleares da Península de Chukchi próxima ao Alasca.

Leia também: As megaestruturas abandonadas da URSS

As vias quilométricas estendem-se por mais de um quilômetro no interior de uma montanha. Esta estrutura foi construída em meados de 1950 para abastecer os bombardeiros soviéticos a caminho dos EUA, visto que esta se encontrava em um local próximo ao Estreito de Bering e do Alasca.

A instalação foi ativa até 1986 quando os tratados para a limitação das armas nucleares assinados com os EUA causaram seu fechamento. Todas as ogivas do local foram retiradas e posteriormente desativadas.

Leia também: Conheça o assustador sistema Perimetr, o ‘botão do juízo final’ russo

O local que também era resistente a explosões nucleares contava com muitos equipamentos que permitiam transportar as armas em seu interior, bem como abastecer os bombardeiros. No seu estoque também contavam certa quantidade de combustível de foguetes para os ICBMs.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recomendados para você:

Comentar