15 histórias que farão você questionar o que nos faz humanos

O-que-de-fato-nos-faz-humanos

Carregando...

O que de fato nos torna humanos? Será que nascemos humanos prontos e com determinações genéticas? Veja 15 histórias que farão você questionar estes conceitos.

A fotógrafa alemã Julia Fullerton-Batten realizou o projeto “Crianças Selvagens”, que exibe uma imagem de arte retratando várias histórias de crianças que viveram isolados da sociedade ou que foram criadas por animais depois de serem abandonadas, perdidas ou simplesmente fugiram de abusos. Entre parênteses está o ano em que foram encontrados.

Leia também: Filmes que farão você duvidar de quem você é

Estas histórias servem de certa forma para nos questionar se aquilo que sempre acreditamos que nos faz humanos (ou ‘superiores, como muitos insistem), não é muito menos do que sempre imaginamos.

1. Sujit KumarO-que-de-fato-nos-faz-humanos-1

(Fiji, 1978) Viveu seis anos em um galinheiro em uma vila em Fiji, na Oceania. Quando ele tinha dois anos, sua mãe cometeu suicídio e seu pai foi morto.

2. GenieO-que-de-fato-nos-faz-humanos-2

(EUA, 1970). Até os 13 anos, Genie não teve contato com alguém que não fosse seu pai. Passava os dias trancada em um quarto e amarrada a uma cadeira-penico. Seu pai a proibiu de fazer barulhos. Sua visão de mundo era reduzida a 5 centímetros de céu e parte da casa do vizinho.

3. Ivan MishukovO-que-de-fato-nos-faz-humanos-3

(Rússia, 1998). Aos quatro anos Ivan fugiu de casa por causa de maus-tratos. Ele se juntou a um bando de cães dos quais se tornaram líder. Ele pedia comida nas ruas, o que ajudou a manter contato com a sociedade e, em seguida, ser reabilitado.

4. Oksana MalayaO-que-de-fato-nos-faz-humanos-4

(Ucrânia, 1991) Viveu até os seis anos na companhia de cães. Ela andava de quatro, latia e mostrava os dentes. Depois que foi encontrada,  aprendeu habilidades sociais e de linguagem básicos, embora apenas ao nível de uma criança de cinco anos.

5. Rochom P’ngiengO-que-de-fato-nos-faz-humanos-5

(Camboja, 2007) desapareceu na selva quando tinha nove anos e apareceu 19 anos mais tarde. Quando ela foi capturada estava nua, suja e cheia de cicatrizes. Tinha esquecido como falar e quando ela queria  comer ou beber indicava com a boca. P’ngieng não aprendeu a falar novamente.

6. John SsabunnyaO-que-de-fato-nos-faz-humanos-6

(Uganda, 1991) viveu por doze anos na selva com os macacos. Acredita-se que fugiu para a selva quando viu seu pai assassinar brutalmente sua mãe. Após a reabilitação, a criança aprendeu a falar e começou a se comunicar com as pessoas.

7. Marina ChapmanO-que-de-fato-nos-faz-humanos-7

loading...

(Colômbia, 1959) viveu cinco anos com macacos. Movia-se como eles, dormia em buracos e comia bagas, raízes e plátanos. Quando foi encontrada, Marina não falou, mas mais tarde, juntamente com sua filha mais jovem escreveu um livro sobre suas experiências, intitulado ”La niña sin nombre’.

8. Amala e KamalaO-que-de-fato-nos-faz-humanos-8

(Índia, 1920) foram supostamente criado por lobos e encontradas quando tinham 8 e 2 anos, respectivamente. Elas tinham os tendões e articulações atrofiadas e curtas nas mãos e pés, já que corriam de quatro. Ambos morreram depois de serem encontradas.

9. VictorO-que-de-fato-nos-faz-humanos-9

(França, 1797) era uma criança selvagem. Estima-se que passou sete anos na floresta. Quando encontraram o corpo dele estava coberto de cicatrizes e ele não podia falar. Victor não era suscetível ao frio e poderia dormir na neve. Seus tutores fracassaram em suas tentativas para socializa-lo.

10. Marie-Angelique Memmie Le BlancO-que-de-fato-nos-faz-humanos-10

(França, 1731). Ela viveu 10 anos na floresta comendo pássaros, rãs, peixes, folhas e raízes. Tinha a pele negra, peluda e comunicava-se apenas com gritos e guinchos. Depois de ser encontrada ela aprendeu a ler, escrever e falar.

11. MadinaO-que-de-fato-nos-faz-humanos-11

(Rússia, 2013). Do nascimento aos três anos de idade Madina viveu com cães. Quando os assistentes sociais a encontraram, ela estava nua, andava de quatro e rosnando. Seu pai a deixou logo após o nascimento e sua mãe era alcoólatra. Atualmente, ela está aprendendo a socializar.

12. PravaO-que-de-fato-nos-faz-humanos-12

(Rússia, 2008) morava em um quarto com dezenas de gaiolas com sua mãe, de 31 anos, que o tratava como um de seus animais de estimação. Ele não podia falar e, em vez disso piava. Quando não o compreendiam ele agitava os braços como um pássaro. Atualmente está recebendo tratamento médico.

13. O garoto leopardoO-que-de-fato-nos-faz-humanos-13

(Índia, 1912) viveu por três anos com estes gatos. Quando o devolveram para casa, ele não podia falar e apenas resmungava, mas aos poucos aprendeu a falar e andar ereto.

14. ‘A garota lobo’O-que-de-fato-nos-faz-humanos-14

(México, 1845-1852). Foi vista pela primeira vez em 1845, quando  correu com ‘quatro patas’ com uma matilha de lobos e atacou um rebanho de cabras. Mais tarde ela foi vista várias vezes e capturada, mas escapou. Em 1852 ela foi vista pela última vez com dois filhotes.

Leia também: 4 documentários que mudarão a sua maneira de ver o mundo

15. ShamdeoO-que-de-fato-nos-faz-humanos-15

(Índia, 1972) foi descoberto em uma floresta quando tinha quatro anos. Ele estava brincando com filhotes de lobos. Sua pele era escura, seus dentes afiados, suas unhas compridas e cabelos emaranhados. Depois de ser resgatado ela parou de comer carne crua e aprendeu a usar a linguagem de sinais, mas não a falar.

loading...

Recomendados para você:

Comentar