5 descobertas arqueológicas perturbadoras ainda não desvendadas

Descobertas-arqueologicas-perturbadoras-4

Carregando...

Tecnologias perdidas? Animais desconhecidos? Pode não parecer, mas nosso passado é bem mais enigmático do que a maioria das pessoas acredita.

Leia também: 5 mistérios perturbadores que ainda permanecem sem resposta

Muitas partes do nosso passado é um “branco” total com muitas “peças que não encaixam”, o que nos motiva sempre a estarmos procurando e aprimorando nossas técnicas de investigação. E para instigar seu espírito investigativo, hoje trouxemos 5 descobertas arqueológicas perturbadoras ainda não desvendadas.

1. Um dedo fossilizado
Descoberta: Periferia de Vancouver, Canadá
Estado: PerdidoDescobertas-arqueologicas-perturbadoras-1 Descobertas-arqueologicas-perturbadoras-1-1

Um dedo fossilizado foi encontrado nos arredores da cidade canadense de Vancouver. É datado em cerca de 100 a 110 milhões de anos atrás, período que corresponde ao Cretáceo e lembre-se que os seres humanos estão somente a cerca de 2 a 3 milhões de anos na Terra.

2. Pegadas de dinossauros com de “humanos gigantes”
Descoberta: Rose Glenn County, Texas
Estado: PerdidoDescobertas-arqueologicas-perturbadoras-2

Em 1908, perto de Glen Rose (Texas) foram descobertas pegadas de hominídeos gigantes, misturadas com pegadas de dinossauros. Estudos confirmam que datam de 120 a 130 milhões de anos atrás.

3. Um copo muito antigo
Descoberta: Massachusetts, Estados Unidos
Estado: PerdidoDescobertas-arqueologicas-perturbadoras-3

Em 1851, em Massachusetts, durante uma operação de mineração, duas partes de um vaso foram arrancadas da rocha dinamitada. O copo medindo 11,3 cm de altura, era de zinco e liga de prata, e foi decorado com delicadeza. A verdadeira surpresa veio de sua idade: cerca de 100.000 anos. Ele viajou de museu para museu, e em seguida, desapareceu.

4. Garra de um Moa de terras altas
Descoberta: Mount Owen, Nova Zelândia
Estado: Exibido em um coleção privadaDescobertas-arqueologicas-perturbadoras-4

Em 1986, no fundo do vasto sistema de cavernas de Mount Owen, Nova Zelândia, os arqueólogos descobriram este espantosa e bem preservada garra. Uma vez removida a garra da caverna e deixada no laboratório, eles determinaram que ela pertencia a um pássaro moa gigante pré-histórico. Vendo a garra novamente, estou feliz que estejam extintos. Como curiosidade:  No Monte Owen foram filmadas várias cenas do filme “O Senhor dos Anéis”.

5. A bateria de Bagdá
Descoberta: Kujut Rabua, Bagdá, no Iraque
Estado: DesaparecidaDescobertas-arqueologicas-perturbadoras-5

Bateria de Bagdá é o nome dado a um vaso feito durante um período situado antes do ano 226 d.C., que funcionava como uma bateria. Se bem montado, este objeto produziria uma carga de 8 a 12 volts, independente do lugar onde esteja.

Carregando...
Advertisment

Recomendados para você:

Comentar