10 dados perturbadores que não deixarão você dormir hoje

Carregando...

Esta seleção de pequenas histórias mostra alguns aspectos macabros da vida humana e sua relação com o mundo à sua volta.

1. Cinderala +18

Na história original de Cinderela, a protagonista pica sua ‘irmã’ em pedacinhos, põe seu corpo na comida e dá para sua madrasta comer. Antes de comer tudo, a madrasta descobre a cabeça de sua filha no fundo e morre com o choque.

2. Vivendo com um cadáver

Carl Tanzler, bacteriólogo e médico, apaixonou-se por Elena Milagro de Hoyos, uma de suas pacientes. Após a morte de sua amada, este desenterrou seu cadáver e o levou para viver consigo por sete anos. Quando alguma parte do corpo saia por conta da putrefação, ele colava a parte com cera.

Essa macabra história de amor terminou quando a polícia descobriu o cadáver e o meteu na cadeia. Foi liberado em seguida por falta de acusação.

Após perder o corpo de sua amada, fabricou um manequim real inspirado na senhora De Hoyos com o qual viveu até sua morte.

3. Mel e leite para uma morte dolorosa

Este velho método de tortura persa chama-se escafismo e consiste em alimentar e cobrir a vítima com leite e mel para que os insetos a devorem de forma lenta e dolorosa.

4. “Após nós, só o silêncio”

Este é o lema das tropas encarregadas do arsenal nuclear da Rússia.

5. Síndrome de Cotard, ou síndrome do cadáver ambulante

É uma doença estranha e as pessoas que padecem pensam estarem mortas e que todos os seus órgãos internos foram removidos.

6. A vespa assassina

No Japão existe uma espécie de vespa gigante cuja picada contém uma enzima que ataca o tecido humano e pode dissolver sua pele em pouco tempo.

7. Encadernados com pele humana

Em 2014 foram encontrados dois livros na Universidade de Harvard que foram encadernados com pele humana.

8. Quantos assassinos em série existem hoje

Segundo o FBI, existem entre 35 e 50 assassinos em série nos EUA, sendo que esta cifra não varia, independente da época.

9. A selfie assassina

Por ano, já são mais casos de pessoas que morreram fazendo uma selfie do que as que morreram por ataques de tubarão.

10. Os ursos gostam de comer os humanos vivos

Os ursos selagens são conhecidos por devorar os humanos enquanto estes ainda estão com vida, como o caso de uma garota na Rússia que conseguiu ligar três para sua mãe durante o processo. Na última, ela disse que já não sentia mais dor, que a perdoasse e que a amava.

Recomendados para você:

Comentar